“Mãe é algo tão sublime que até Deus quis ter uma”, foi a frase sugerida pelo Mons. João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho, para o cartão do Dia das Mães de um jovem (bastante jovem…) a quem não ocorria o que escrever em seu cartão.

A mãe é (ou devia ser) um reflexo de, pelo menos, duas outras :

  • Nossa Senhora, a Mãe das mães;
  • A Santa Igreja Católica.

Falemos da segunda: a Igreja Católica. E ao falar d’Ela lembremos que como instituição divina, não se confunde com eventuais falhas humanas de seus membros.

Para não ficarmos em generalidades, sugiro assistir o VÍDEO.

basilica Nossa Senhora do Rosario de Fatima, arautos do Evangelho – Embu das artes, sao paulo, brazil